bfpug_new.jpg (7052 bytes)Brazilian Function Point Users Group
Certificação CSMS

Índice do Conjunto de Conhecimentos do Especialista Certificado em Métricas (CSMS)

Objetivo: O objetivo deste índice é fornecer orientação quanto aos tópicos incluídos no exame Certified Software Measurement Specialist (CSMS) oferecido pelo International Function Point Users Group (IFPUG). Estas informações são providas como uma cortesia dirigida aos candidatos ao exame CSMS.  O IFPUG não é responsável pela acessibilidade, grau de atualização, disponibilidade ou conteúdo dos sites aqui referenciados.

O MRC (Management Reporting Committee), responsável pelo exame, estabeleceu uma distribuição-alvo por tópico para as questões do exame CSMS. Os percentuais abaixo indicam o limite superior-alvo para o percentual de questões por área-tópico, não o mínimo; desta forma, não é necessário que os percentuais reais ocorridos em um exame somem 100%. Os percentuais apresentados constituem uma distribuição razoável dos tópicos para fins de orientação quanto à preparação para o exame. Notar que os percentuais apresentados não constituem garantia de que o exame recebido por algum candidato específico conterá esses percentuais ou mesmo esses tópicos específicos.

  • Capability Maturity Model Integration - CMMI® 45%
  • Practical Software Measurement 25%
  • Six Sigma 20%
  • Goal Question Metric / Goal-Driven Software Measurement 15%
  • IT Measurement & Benchmarking 15%
  • Balanced Scorecard 10%

Visão Geral dos Tópicos:

Áreas gerais de estudo que transcendem as áreas-tópicos específicas listadas: benefícios, motivações e barreiras para a medição, noções básicas referentes a um programa de medição, melhoria contínua do processo, noções básicas de qualidade, defeitos, estimação e análise, estatística básica / utilização / análise, tamanho do produto, produtividade,  tamanho funcional, gerenciamento de projetos, métricas, sustentação da medição, Balanced Scorecard, benchmarking, utilização de medição em contratos, outsourcing, níveis de serviço e satisfação do cliente.

Áreas-Tópicos:  (alguns dos links abaixo levam a documentos-fonte; outros levam a sites onde esses documentos podem ser obtidos)

  • The Capability Maturity Model Integration (CMMI)®. Os tópicos incluem mas não estão limitados a: áreas de processo, categorias, ativos da medição, gerenciamento de projetos, estrutura do modelo, defeitos e entendimento da variação do processo.

Using the CMMI® v1.2 (Word) disponível no site do SEI  http://www.sei.cmu.edu/cmmi/models/CMMI-DEV-v1.2.doc , devendo os seguintes aspectos merecerem atenção especial: 

Páginas 11 – 17, 30 – 34, e 51 sobre elementos do modelo, representações e categorias

Declarações de Propósito (Purpose Statements) e Notas Introdutórias (Introductory Notes) para todas as Áreas de Processo na categoria Gerenciamento de Projetos, assim como CAR, MA, OPD, e OPP.  Ativos relacionados à medição tais como (mas não limitados a) modelos baseline e repositórios de medição são pertinentes.

Não incluídos no Conjunto de Conhecimentos do CSMS:  nenhuma Prática Específica (Specific Practice), nenhuma Prática Genérica (Generic Practice), nenhuma outra Área de Processo, nem o Glossário. Atenção: uma versão em português do CMMI DEV V. 1.2 está disponível no site do SPIN-SP - faça o download (pdf)

Examinar cuidadosamente:  Capítulo 1, referências a gráficos de controle (control charts), Análise de Pareto (Pareto Analysis), SIPOC, diagramas de causa e efeito (cause and effects diagrams), Failure Modes and Effects Analysis, Design for Six Sigma; além disso, tipos de desperdício (types of waste) e cálculo do "takt time". Segundo  http://www.micquality.com/six_sigma_glossary/takt_time.htm, takt time é o intervalo de tempo que deve ser alcançado entre dois itens consecutivos em um sistema de produção, de modo a satisfazer a demanda do consumidor. "Takt" em alemão significa "bastão do maestro".

O artigo acima serve como um excelente recurso tanto para os princípios fundamentais do Six Sigma, quanto para uma visão geral e concisa do CMMI. Não é necessária uma revisão cuidadosa do conteúdo do Apêndice.

Os tópicos incluem mas não estão limitados a: definições operacionais, indicadores, escalas de medição, 10 passos do GSM e tipos de metas (goals).  Embora possam servir como exemplos úteis para entendimento do assunto, nenhuma questão será extraída das Referências ou das últimas 50 páginas do documento.